sábado, março 24

Os Melhores Lutadores do MMA: Fedor Emelianenko.

 

O universo do MMA cresce a cada dia com o aumento da popularidade do Ultimate Fight Championship ( UFC ), eventos por todo o mundo e o consequente crescimento de fãns a cada dia.
Nós do FutRock pretendemos mostrar aos novos fãns os primordios do MMA, lutas, rivalidades e lutadores que foram essênciais para que o MMA atingisse o patamar de esporte respeitado mundialmente.
 
Uma das maiores lendas dos pesos pesados do MMA foi o russo Fedor Vladimirovitch Emelianeko ou simplismente Fedor, que para a infelicidade dos novos fãns não fez e nem irá fazer parte do plantel de lutadores do UFC por desavenças com o presidente Dana White.

O Russo exímio lutador de Sambo começou sua brilhante carreira no evento japônes Rings e depois passou a lutar pelo historico Pride onde derrotou o gigante holandês Semmy Schilt, o americano Heath Hering, e Rodrigo Minotauro (pelo cinturão dos pesados) vencendo os três e se sagrando o campeão.

 

O então campeão Fedor entrou no Grand Prix dos pesados do Pride como favorito, e ele mostrou que era naquele momento o melhor lutador peso por peso do mundo.
Fedor venceu os lendarios Mark Coleman e Kevin Randleman e na semi-final o japônes Naoya Ogawa para então se degladiar novamente contra o brasileiro Rodrigo Minotauro em uma final que prometia ser épica. No entanto a luta acabou sendo declarada no contest devido a um corte acidental na testa de Fedor.

Uma nova luta foi remarcada meses depois e o russo venceu novamente comprovando a superioridade sobre o brasileiro e se sagrando o campeão do Grand Prix.
Já considerado imbativel, o russo iria enfrentar o maior desafio da carreira contra o croata Mirko Crocop que vinha limpando a divisão dos pesados do Pride.
A luta aconteceu no Pride Final Conflict 2005 e é considerada por muitos como uma das maiores batalhas já realizadas no MMA, os dois lutadores no auge da carreira lutaram todos os rounds com força maxima, Crocop resistiu aos socos potentes do russo, e Fedor aguentou heroicamente os chutes fatais do Croata.


 A luta ficou nas mãos dos juizes, que deram a vitoria unânime ao lutador russo que realmente lutou com mais disposição os 3 rounds.
Após dominar os ringues do Pride de uma forma assustadora Fedor enfrentou os ex-campeões do UFC Tim Sylvia (vencendo por finalização ) e Andrei Alovski ( vencendo por nocaute ).

 Já considerado o maior peso pesado da historia do MMA Fedor contrariou os fãns e rejeitou a proposta de assinar com o UFC, preferindo lutar no concorrente Strikeforce em 2009.
Na sua estreia Fedor enfrentou o americano Brett Rogers ( luta que esta neste blog) e como de costume venceu no segundo round.
A luta seguinte o favorito Fedor enfrentaria o brasileiro Fabricio Werdum que só tinha chances de vencer o russo se levasse a luta para o chão, e foi o que ele fez. No começo da luta Werdum fingiu ser atingido por um soco e se jogou no chão, o russo inoscentemente pulou na guarda do brasileiro e acabou caindo em um triangulo que foi fatal.
 
Após 10 anos de invencibilidade Fedor foi derrotado mostrando ao mundo que ele era humano. Apos esta derrota Fedor entrou em uma má fase e perdeu novamente para outro brasileiro ( Antônio Silva Pezão ) na rodada inicial do Grand Prix dos pesados do Strikeforce.